Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

Maternidade [8]: O exponente máximo de ser mulher!

E assim termina mais um ano!

Um ano marcado pela crise económica e política. Um ano marcado pelo desemprego e pela emigração, a fuga possível de alguns cérebros portugueses!

Um ano que por sinal parece triste ao olhar de muitos, mas que para mim foi o mais feliz!

Um ano em que atingi o exponente máximo de ser MULHER, estive grávida e tornei-me mãe!

A gravidez é como sentir uma sensação vertiginosa permanente. Parece que estamos no cume de uma montanha, temos medo, receio, mas sentimos tamanha felicidade ao olhar ao redor e ver tal paisagem!

Ser mãe é descobrir que não há maior AMOR que o amor de mãe pelo seu filho. Eu descobri que daria a vida pela minha filha!

Um ano em que consegui manter o meu emprego.

Trabalhei na licença, pouco, mas trabalhei. E gozei ao máximo estes cinco meses juntos da princesa B..

Um ano em que não deixei de sonhar. Escrevi pouco, mas sonhei!

Um ano de saúde.

Amor.

Muito amor!

 

Boas entradas!

Comam as doze passas e peçam os doze desejos!

Entrem com o pé direito!

E vistam uma peça de roupa interior nova!

A cor? Eu cá prefiro o azul!

No próximo ano vou...

No próximo ano vou...

Que porra! Que projecto é este a longo prazo?

 

No próximo semestre vou...

Que treta! O tempo esvai-se em nada!

 

No próximo mês vou...

Está um pouco melhor, mas tenta mais uma vez!

 

Nesta semana vou...

Ah! Assim, sim!

 

Nesta semana vou rir muito até ficar vermelha;

Vou pensar positivo e fazer ouvidos moucos;

Vou mandar os problemas bugiar;

Vou ler, escrever, cantar no banho;

Vou dizer amo-te e andar de mão dada;

Vou passear à beira mar;

Vou abraçar, sorrir, beijar;

 

Nesta semana vou... Ser Feliz e brindar!

Maternidade [7]: Ser mãe, o melhor de 2013!

Ser mãe é extraordinariamente fascinante...

Ser mãe é entrar num mundo novo e conhecer o verdadeiro significado da vida.

É ter resposta a muitos porquês que durante anos fizeram parte da minha existência e encontrar outras tantas dúvidas e questões.

É ter medo, é duvidar, é sentir um arrepio na espinha e perceber que aquele pequeno ser que se desenvolveu dentro de nós é o grande amor da nossa vida!

 

Ser mãe é deixarmos de ser o EU, para nos tornarmos no NÓS.

É pensar que agora temos uma responsabilidade para o resto da vida. Um ser que amamos incondicionalmente, independentemente do seu feitio, da sua opinião, do seu carácter.

 

Ser mãe é educar, é dar o melhor de nós.

É sorrir mesmo quando não temos vontade, é dar uma palavra de carinho mesmo quando o mundo parece cair sobre nós.

É cuidar, é limpar, vestir, amamentar, mas é sobretudo AMAR.

 

 Fonte http://www.morguefile.com/archive

 


 

Objetivos para 2014

1. Trabalhar muito e tentar evitar aborrecimentos. Ser uma profissional dedicada, tentar amar aquilo que faço mesmo quando é de todo impossível.  

2. Dedicar-me a 100% à família! Passear, aproveitar o dia-a-dia. Evitar discussões. Amar. Brincar, cuidar e educar a B. da melhor maneira possível.

3. Cuidar de mim. Emagrecer. Perder a barriga. Voltar à forma anterior. Aquela que tinha antes de engravidar. Não me deixar levar por tentações ou desespero e estados débeis e fragilizados.

4. Organizar-me. Aprender a planear e a gerir a lide doméstica para ter mais tempo para mim e para a B.. Fazer planos semanais. Poupar. Simplificar!

5. Escrever. Muito. Escrever neste blog. Escrever. Muito. Iniciar um livro.

6. Ter tempo para ler. Para viajar cá dentro. Estar com a família. Estar com os amigos. Fazer piqueniques. Ir à praia. Mergulhar. Nadar.

7. Amar. Abraçar.

8. Ultrapassar medos. Agir. Lutar.

9. Amar. Brincar.

10. Ser feliz!

Pág. 1/4