Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

Ler é tão bom como o chocolate!

Em termos de leituras este foi um ano muito positivo face ao anterior, talvez não tenha atingido a meta pretendida, mas li muito, li novos autores, li livros que desejava ler, ri e emocionei-me com algumas histórias, e senti-me bem ao ler porque ler é uma actividade verdadeiramente fantástica. E além disso, só nos proporciona benefícios:

 

  • Diminuí os níveis de stress, porque ler acalma e relaxa;
  • Estimula o cérebro mantendo o pensamento analítico e crítico sempre activo;
  • Aumenta o conhecimento, aprendemos sempre algo novo ao ler;
  • Aumenta a concentração, porque exige atenção;
  • Aumenta o vocabulário porque encontramos sempre novas palavras ou expressões desconhecidas;
  • Desenvolve a memória porque memorizamos os acontecimentos ocorridos durante a acção do livro;
  • Desenvolve a capacidade analítica e o pensamento crítico porque o livro leva-nos a reflectir sobre determinado assunto, por vezes a pesquisar e a tecer críticas sobre o mesmo;
  • Melhora a escrita isto porque aprendemos novas palavras, absorvemos novos assuntos e interiorizamos o esquema narrativo do livro!

 

Aqui estão 8 boas razões para continuar a ler, além daquele que me motiva: o gosto pela leitura!

 

Ler é tão bom como o chocolate! 

 

 Sigam-me também no meu Facebook -- »» AQUI «« --   

Diz-me quem sou, um livro para ler e refletir

image.jpg

 

A vida de Amélia Garayoa, a personagem principal do livro "Diz-me quem sou" de Júlia Navarro, é inesquecível, pois permanece connosco mesmo depois de termos terminado o livro há vários dias.

Este é um livro de 1086 páginas repletas de amor, coragem, dor, sofrimento, alegrias e muita determinação, um livro que é um retrato fantástico da história do século XX, desde a guerra civil de Espanha até à queda do Muro de Berlim.

Guillermo, o bisneto de Amelia, ao longo do livro procura pistas que o conduzem à construção da história de vida, emocionante e fascinante, da sua avó, intimamente relacionada com a politica e a guerra. Tal como o seu bisneto, que não a conhecia, também nós nos vamos apaixonando pela personagem à medida que a conhecemos, percebendo os seus aspectos fortes e frágeis, o seu lado humano, os seus erros, o arrependimento, a dor, as convicções e a coragem! 

 

a Sinopse

Uma apaixonante aventura protagonizada por personagens inesquecíveis, cujas vidas constroem um magnífico retrato da história do século XX. Desde os anos da Segunda República espanhola até à queda do Muro de Berlim, passando pela Segunda grande Guerra e pela Guerra Fria, o novo romance de Julia Navarro transborda de intriga, política, espionagem, amor e traição.

 

factos a retirar do livro 

 

a vida e as experiências mudam a nossa maneira de ser e nossa forma de estar, tornam-nos mais maduros e mais fortes;

 

nunca conhecemos verdadeiramente uma pessoa, como ela é e do que ela é capaz, por mais próximos que estejamos dela;

 

nem sempre as nossas opções são as mais correctas, e quando percebemos disso já é tarde demais, mas pior que nos magoarmos a nós mesmos é magoar quem amamos;

 

a traição, a guerra, os extremismos, o sofrimento, a história de ontem tão presente hoje, nada mudou;

 

 

 Sigam-me também no meu Facebook -- »» AQUI «« --   

Os Pilares da Terra, de Ken Follet (Vol II)

 

Acabei de ler os Pilares da Terra II, lembram-se de ter falado do Volume I aqui? Este é um romance histórico, da Idade Média, centrado na obsessão do próprio escritor pela construção das igrejas naquela época. Pois é, estava ansiosa por terminar e por saber se a Catedral seria ou não construída! Se o prior Philip, o homem justo e honesto que conhecemos no primeiro livro, conseguiria alcançar o seu objectivo. 

Confesso, a partir de agora a minha vida nunca mais será igual, quando entrar numa Catedral, seja estilo barroco ou gótico, vou olhar para ela e vou admira-la à luz deste livro, vou querer saber pormenores sobre o clerestório, as abóbadas, os arcos, as naves, vou pensar em quem esteve por detrás de tamanha construção, as dezenas de anos de esforço, os momentos bons e os menos bons, as intrigas, os amores, as vidas do mestre de obra, do prior, do bispo, dos pedreiros, dos artífices e dos operários... Imaginem as centenas de histórias que compõem uma construção destas, Ken Follet conseguiu imaginar e descreveu-o tão bem neste dois livros. 

Adorei. 

  Pilaresdaterra.jpg

 

factos a retirar do livro

 

existem homens que são verdadeiros génios, que sabem utilizar a sua inteligência para fazer o bem e que se destacam entre os muitos comuns;

 

é a natureza do homem, o bem e o mal numa época de inveja, crueldade e injustiças; 

 

por detrás de uma grande obra, está uma grande história, e um herói;

 

às vezes o caminho é demasiado longo, com muitas pedras e barreiras, mas tudo é possível quando se tem fé e acredita;

 

 

Sigam-me também no meu Facebook -- »» AQUI «« --  

A Promessa, de Lesley Pearse

Quando gostamos muito de um livro, fica sempre aquela sensação de vazio quando a sua leitura termina... E agora? Dá vontade de continuar a história das suas personagens! E foi o que Lesley Pearse fez em "A Promessa", este livro é a continuação da história de Belle, a protagonista forte, corajosa e lutadora de "Sonhos Proibidos".

"A Promessa", é um romance histórico, que retrata a I Guerra Mundial, e é no meio deste período temporal que Belle vai novamente sofrer uma grande mudança na sua vida. Se depois de uma fase de muito sofrimento, Belle consegue ser feliz, casar com Jimmy, o seu primeiro amor e realizar o seu sonho de abrir uma loja de chapéus, a chegada da Guerra vai levá-la novamente para Paris. Belle e Jimmy abdicam da sua vida calma e pacífica para defender o seu País. Entre a luta pela sobrevivência, numa Europa perdida, onde morrem milhares de homens, Belle vai viver momentos difíceis e confrontar o passado, a protagonista reencontra o seu grande amor, mas terá ela poder para decidir o seu futuro? 

 

image.jpg

 

factos a retirar do livro

 

quando tudo parece dar certo, o rumo da história mundial transforma a nossa história pessoal;

 

a guerra é um grande erro humano, tantas perdas, tantas lágrimas, para nada;

 

é nas alturas de crise social que se vê o verdadeiro valor do homem, a sua justiça e solidariedade;

 

no final, a mudança para melhor é possível, mas há sempre uma lição; 

***

 

Sigam-me também no meu Facebook Pessoal -- »» AQUI «« --