Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

A Justificação

"Desabafo dum amigo, que não encontra justificação para o seu pecado mortal, que é viver. Viver ao sol, gratuitamente, como um lagarto. Respondi-lhe que a maravilha da vida é tudo nela ter justificação. É, da mais rasteira erva ao mais nojento bicho, não haver presença no mundo que não seja necessária e insubstituível. Que, do contrário, era faltar na terra esta admirável plurivalência, que faz de uma tarde de sol, de trigo e de cigarras o mais assombroso espectáculo que se pode ver. O medir depois a distância que vai da formiga ao leão, da urtiga ao castanheiro, de Nero a S. Francisco de Assis, é uma casuística que não tem nada que ver com a torrente de seiva que inunda o mundo de pólo a pólo."
Miguel Torga, in "Diário (1938)"

Aqui diria que nem tudo na vida tem justificação, quase, mas não tudo. Há coisas e acontecimentos que não têm razão de ser, nem qualquer explicação. Mas, quanto à questão de que não há presença no mundo que não seja necessária, acredito que todos nós nascemos com um propósito e mais tarde ou mais cedo vamos descobri-lo. Bom fim de semana!

 

2 comentários

Comentar post