Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

A princesa B. na nova creche!

A princesa da casa já está na nova escolinha, começou no início da semana:

Primeiro dia, difícil... especialmente para a mãe, pois claro! Aí que nervoso crescente, que falta de paciência para com tudo e todos, que pensamento recorrente "Como estará a minha filhota? Estará bem?" Ao fim de duas horas de a deixarmos lá [ficou bem, sem choros, nem birras], liguei e - "mãe, a B. está muito bem, está no recreio, a observar o espaço e os novos colegas, tranquila, não chorou..."

No segundo dia voltei a ligar - "mãe, a B. é um anjinho, está bem disposta, não chora, já brincou, comeu tudo, adormeceu sem chupeta." [que orgulho] Mas, quando a fui buscar assim que me viu começou a chorar como quem diz "Onde estiveste? Tive saudades tuas! Porque me deixaste aqui?"

Hoje, quando cheguei, estava a passear no recreio de mão dada com um menino mais velho [aqui para nós, ainda bem que o pai não a foi buscar!] Concluindo, a B. já está integrada e adaptou-se no primeiro instante [optimamente], já para a mãe a adaptação foi [é] um pouco mais lenta!

 

10 comentários

Comentar post