Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

As descobertas da princesa da casa #6

Aqui por casa a porta da cozinha é a malvada, a bruxa má...

Há dias a princesa da casa estava a brincar com a porta, a tentar fechá-la, a empurrá-la, mas com muito esforço uma vez que a mesma tinha um daqueles protetores próprios para contrariar a curiosidade das crianças e evitar feridas graves. De repente, a brincadeira terminou, a B. começou a soluçar, tinha o dedo a sangrar e eu apanhei um susto próprio e típico de mãe. Depois de lhe lavar o dedo e de lhe fazer os devidos curativos (e de lhe dar muitos mimos), a B. acalmou, voltou à cozinha e bateu na porta ao mesmo tempo que exclamou «porta má». Duas horas mais tarde, quando o pai chegou, já a B estava na cama e, sonolenta, exclamou «papá, olha dói-dói, porta». 

E, apesar de não se esquecer e de continuar a culpar a porta, continua a fazer-lhe frente arriscando-se a outro dói-dói...

E esta é a fase das feridas, porque uma criança de 22 meses não pára!

15 comentários

Comentar post