Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

Casa segura? [mais ou menos]

Nos primeiros dias de agosto contei-vos que a princesa da casa deu os primeiros passos, pois é, os tempos de paz acabaram-se, agora a princesa B. aventura-se e deambula pela casa toda sem medo (até porque medo é coisa de cotas - aí que ela caí e magoa-se). A B. anda que se farta, ou melhor, não se farta... Persegue-nos, foge-nos, explora áreas, inspecciona todos os cantos, tenta abrir as portas dos armários, as gavetas, bate nas portas que estão fechadas (quem é?), pára para observar algum movimento mais estranho (do tipo, a máquina de lavar) e o mais impressionante é que não se cansa, só o sono a faz balançar, mas luta até ao fim! 

Posto isto, este fim de semana pusemos mãos à obra e começámos a proteger tudo o que poderá ser um possível perigo para a bebé. A nossa casa parece realmente um lugar seguro, mas para um bebé nunca o é. A qualquer momento, um objecto pequeno fora do sítio pode ser engolido, uma peça perigosa pode ser alcançada, um armário mal posicionado pode ser escalado. 

Existem no mercado alguns dispositivos fundamentais para proteger a nossa casa, alguns protegem realmente, outros são facilmente descolados pelos bebés mais engenhocas [como é o caso de alguns protectores de esquina]. Cuidado, vale apena reforçar a fita adesiva!

Nós fomos até ao IKEA e viemos de lá com um ar de super pais! 

Por mais protecções a cozinha será sempre um lugar muito inseguro, o ideal é mesmo nunca deixar a criança sozinha por estes lados. Aqui pusemos bloqueadores nas portas do frigorifico, na máquina de lavar loiça, fechos de segurança nas gavetas e um travão na porta. Mas, há muitas outras coisas a ter em atenção como não deixar facas e outros objectos cortantes nas bancadas ao alcance da criança e arrumar os detergentes num armário alto. No WC os cremes para o corpo, os desodorantes, os produtos de higiene, as tesouras, as escovas e giletes devem estar num lugar inacessível. 

Em qualquer uma das divisões as tomadas devem ter protectores, as plantas devem ser afastadas (as minhas foram recambiadas), os cantos dos móveis e das mesas protegidos e os objectos de decoração arrumados em lugares altos. Enfim, todo o cuidado é pouco e a prevenção é sempre o melhor remédio! 

Se tiverem mais dicas, por favor partilhem!

Maternidade [23]

 

 

 

 

8 comentários

Comentar post