Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

Fazes-me tanta falta...

Fazes-me falta naquelas horas em que me sinto perdida, naqueles momentos em que olho em frente e não vejo nada, naquelas alturas em que estou rodeada de gente, conhecida e desconhecida, mas sinto-me só. Fazes-me falta quando vejo um casal de mãos dadas, invejo a sua cumplicidade e alegria, quando tenho vontade de partilhar um acontecimento, desabafar um momento ou sair para me divertir. Fazes-me falta na hora de adormecer, há espaço a mais na minha cama e na hora de despertar, de acordar contigo ao meu lado, a sorrir. Fazes-me falta para me elogiar ou para me criticar, para me chamar a atenção quando estou a delirar ou para me abraçar quando preciso.
Não consigo lidar com a tua ausência, não consigo pensar que o nosso amor é irreal. Não consigo lidar com tudo aquilo que idealizei para nós, quando nada aconteceu. É difícil suportar a dor da ilusão criada, quando uma relação termina sem começar. Fazes-me tanta falta...
 

pic_23126 - Gregory Kurasov.jpg

 

 [Ficção - Life Moments]

 

Ilustração de Gregory Kurasov

10 comentários

Comentar post