Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

Lamego, uma terra que transpira história

Esta semana a princesa B. foi até à terra do pai, Lamego, uma cidade recheada de monumentos, gente boa e excelente comida. Sabe bem sair do ninho e respirar outros ares. Mas, para a princesa B. esta foi uma viagem especial para visitar as suas origens e para estar perto da sua numerosa família e sobretudo dos avós que tanto a mimaram. Lamego, situado na margem sul do rio Douro, é mais um dos pequenos paraísos de Portugal, um lugar verde que transpira história e cultura. Ir até Lamego implica ver e rever o Santuário da Nossa Senhora dos Remédios, descer a longa escadaria (no nosso caso, com um carrinho de bebé, é tarefa difícil), e saborear a famosa Bola de Lamego, o Biscoito da Teixeira  e petiscar enchidos, presunto, queijo, acompanhados com broa de milho e um copo de vinho tinto feito na região. É certo que para mim o Santuário é o ponto alto de Lamego, um lugar mágico, santo e bonito do qual temos uma vista excelente sobre a cidade, mas existem outros sítios a visitar - a Sé, o Teatro Ribeiro Conceição, o Castelo, o Museu e as Caves de Espumante Raposeira. Para finalizar as férias nada como acompanhar a arte de fazer bolas caseiras e que ficam tão saborosas quando acabadas de sair do forno, a fumegar quentinhas. A princesa B. adorou a visita porque adora passear, observar e conhecer! E quem é que não gosta?

 

2 comentários

Comentar post