Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

Nunca me deixes

Nunca me deixes afastar-me de ti, se for para ir, que seja breve o suficiente para não sentir saudades.

Nunca me deixes ficar em silêncio, se for para me calar, que seja para te escutar a sorrir. 

Nunca me deixes tomar a atitude errada, se for para agir, que seja para te abraçar.

Nunca me deixes falar demais, se for para falar, que seja para dizer o quanto te amo.

 

 

Texto de Maria João Costa 
Fotografia de Annie Leibovitz

 

Sigam-me também no meu Facebook Pessoal -- »» AQUI «« --  

 

2 comentários

Comentar post