Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

O Feitiço da Lua de Sarah Addison Allen

O Feitiço da Lua.jpg

Estava a precisar de algo assim para recomeçar a ler, algo doce, leve, mágico e com a capacidade de me prender até ao fim. "O Feitiço da Lua", de Sarah Addison Allen, é um livro com uma narrativa simples e envolvente, que conta a história real, num lugar ligeiramente surreal, de duas mulheres de idades diferentes e deslocadas do mundo, que vão encontrar ali, uma razão para ficar e viver. A capa convida a ler e a sinopse quase que nos obriga:

  

"Emily Benedict vai para Mullaby, na Carolina do Norte, na esperança de pelo menos resolver alguns dos mistérios que rodeiam a vida da mãe. Porém, assim que Emily entra na casa onde a mãe cresceu e trava conhecimento com mo avô, cuja existência sempre desconhecera, descobre que os mistérios não se resolvem em Mullaby, são um modo de vida: o papel de parede muda de padrão para se adequar ao estado de espírito do ocupante do quarto, luzes inexplicáveis dançam pelo quintal à meia-noite e uma vizinha, Julia Winterson, cozinha esperança sob a forma de bolos, desejando não apenas satisfazer a gulodice da cidade mas também reacender o amor que receia ter perdido para sempre. Mas porque desencorajam todos a relação de Emily com o atraente e misterioso filho da família mais importante de Mullaby? Ela veio para a cidade a fim de obter respostas, mas tudo o que encontra são mais perguntas. "

 

4 factos a retirar do Livro

 

Há uma idade em que vemos a vida através de um funil, tudo parece mais complicado do que realmente é.

 

Só se vê a magia das coisas, das pessoas e dos lugares quando estamos dispostos a olhar para eles de frente.

 

A diferença e a excentricidade parecem assustar todos aqueles que se consideram normais, mas a essência, o valor e o carácter do homem está muito além da sua imagem.

 

Este livro abriu-me o apetite, quase que consigo sentir o aroma dos bolos da Júlia e o cheiro forte a churrasco no dia da festa!

 

Nota: Vou ter que experimentar a receita de Bolo de Pêssego que vem no marcador do livro, mas essa história fica para outro post.

 

 

7 comentários

Comentar post