Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

Óscares - a grande noite dos príncipes e das princesas

Não fiquei acordada até às tantas para ver os Óscares, nem para espreitar a passadeira vermelha. Noutros tempos era capaz de ficar acordada embora acabasse por adormecer, voltar a acordar, sentir os olhos tão pesados e desligar a televisão. Neste momento, com uma princesa de quase 7 meses em casa, as horas de sono são sagradas, por isso a noite dos príncipes e das princesas de Hollywood teve que esperar até hoje de manhã. 

Entretanto, já naveguei na blogosfera e nas redes sociais para me pôr a par de tudo, afinal todos têm uma opinião a dar sobre este evento tão desejado para o qual no fundo todos queríamos ser convidados! E muita coisa já foi dita e escrita, desde a queda da actriz Jennifer Lawrence que algumas más línguas consideram propositada até à selfie que está a dar que falar e que bateu recordes de partilha no twitter.  Vejam os sorrisos cativantes destes actores que admiramos desde sempre!

Mas, para além da nomeação do melhor filme, da melhor actriz, do melhor actor, do melhor argumento e do melhor realizador, aquilo que é mais esperado nesta grande noite é sem dúvida o desfile dos vestidos na passadeira vermelha. E em relação a isso, e pelo que já li, muito já foi dito, elogiado e criticado, portanto não há muito mais a acrescentar - e porque gostos são gostos, algo muito pessoal e divergente, o meu vestido preferido foi o da actriz Sandra Bullock, pela elegância do corte e pela tom discreto da cor. Mas, para mim, a princesa que se destacou neste baile de vedetas foi a actriz Cate Blanchett - estava simplesmente deslumbrante, aliás como já se tem tornado hábito.

 (Espreitem os outros vestidos da noite aqui)

E resumindo, os vencedores (para além dos vestidos) foram:

Melhor filme - "12 Anos de Escravo"

Melhor actriz - Cate Blanchett por "Blue Jasmine"

Melhor actor - Matthew McConaughey por "Clube de compras Dallas"

Melhor argumento adaptado - "12 Anos de Escravo"

Melhor argumento original - "Her - uma história de amor"

Melhor realizador - Alfonso Cuarón por "Gravidade"

E em relação ao melhor filme, e porque estes últimos meses o cinema tem sido trocado por fraldas e biberões, lamentavelmente ainda não o vi! Mas, tenho mais um pretexto para vê-lo em breve - a este e aos outros todos!

 

* E vocês já viram o filme vencedor? * O que acharam? * Foi uma vitória justa? * E qual foi o vosso vestido preferido? *

Entretanto, fico a aguardar o convite para o próximo ano! {#emotions_dlg.clown}

 

2 comentários

Comentar post