Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

Sinto saudades..

Quem me dera que esta história não fosse a minha.

Quem me dera que este sofrimento se ausentasse.

Quem me dera que tudo na vida fosse mais simples e fácil.

Quem me dera, mas não é!

Quem me dera poder acordar e recomeçar de novo!

Quem me dera poder apagar os sentimentos sentidos e as memórias guardadas!

Quem me dera, mas não consigo!

Ainda sinto tudo tão presente!

Metade de mim é mágoa, dor e sofrimento...

--»» e a outra metade é amor e saudade! «« --

 

Texto | Maria João Costa - segue-me também no Facebook 

6 comentários

Comentar post