Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

Sobre o La La Land e o dia de São Valentim...

Só porque ontem foi o dia do amor, e o amor tem as mais diversas formas, tamanhos e formatos. E é uma melodia!
 
Na segunda-feira fui ver o filme La La Land e como a expectativa era enorme, uma vez que está nomeado para vários óscares, e está na boca do mundo, confesso que na primeira meia hora do filme senti uma certa desilusão, mas no fim percebi qual era o objectivo! O filme conseguiu-me surpreender pela positiva e superou as minhas expectativas! 
Para quem não aprecia musicais, é um filme com muita música, mas não excessiva! É daqueles filmes que toca no coração, por ser um filme profundo, de amor, de superação, de acreditar em sonhos. 

Screenshot_20170215-115954_1.jpg

 

Quando o amor se cruza com os sonhos há caminhos que temos que seguir, há opções que temos que tomar em nome dos nossos sonhos, e essa é sem dúvida a maior prova de amor que podemos dar a nós mesmos e a quem nos ama!

 

Um retrato da vida!

Amor

Amo-te pelo que és,
e por aquilo que me dás.
Sinto-me tão segura nos teus braços.
Sinto-me tão feliz quanto contemplo o teu sorriso.
Sinto-me tão alegre quando estou contigo. ...
E é tão difícil imaginar que algum dia isso possa ser diferente.
Amo-te pelo que és,
e pelo bem que me fazes.
 

15941274_1651886998444569_8575071156752480191_n.jp

Texto | Maria João Costa
Imagem | Henri Cartie-Bresson

 

Resiliência

Levanta-te, que fazes aí sentado no chão a lamentar ou a reclamar?
Há toda uma vida lá fora, uma imensidade de possibilidades,
há caminhos novos por percorrer, há novos planos por concretizar.

 

Levanta-te, ignora o que os outros te dizem,
ignora quem não te quer bem, quem te faz chorar,
ignora quem te magoa e te quebra por dentro.

 

Renasce, segue o teu destino,
tu és fonte de inspiração, uma beleza natural, tu és força e coragem.
Levante-te, e sorri!  

mjcosta

image1.jpg

 

 

 

Amo-te...

Às vezes pode até não parecer porque a vida põe-nos à prova, dá-nos problemas, alguns meramente insignificantes.
Os outros, os mais difíceis, fortalecem o nosso amor e fazem-me ter a certeza de que te quero para sempre ao meu lado.
Amo-te...
Nem sempre o digo, nem sempre me apetece dizê-lo, mas sinto-o e sei que é contigo que quero estar e que é contigo que quero partilhar o que tenho para viver. ...
Amo-te...
Anda, vem comigo e esquece os problemas, abraça-me, vamos ser felizes juntos, porque ambos sabemos que sozinhos já não é possível!
Amo-te tanto!

 

Texto | Maria João Costa - segue-me também no Facebook