Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

Queres ser feliz?

Segundo os entendidos (os psicólogos) existem vários hábitos que nos podem ajudar a ir de encontro à felicidade. E pelo sim, pelo não, nada melhor do que os pôr alguns (ou todos se possível) em prática: 

  • Ser paciente, otimista e realista [é tudo o que eu tento ser, mesmo quando não é fácil]
  • Definir objectivos e metas para a vida 
  • Sorrir [para mim um sorriso abre portas]
  • Perdoar [nem vale a pena guardar mágoa, só nos faz mal a nós próprios]
  • Beber café [mas sem exagerar, adoro - aquela pausa necessária]
  • Trabalhar a sua aptidão favorita [escrever, por exemplo ]
  • Fazer exercício [verdade, expulsa os sentimentos maus e faz tão bem]
  • Caminhar ao ar livre [no meu caso, se possível à beira mar]
  • Comer na praia [para mim, tudo na praia]
  • Estar com os amigos [verdade,verdade, verdade]
  • Ser voluntário e ajudar os outros [sempre que possível]
  • Ouvir música triste [estranho não, tem exactamente o resultado inverso]
  • Participar em actividades culturais [adoro, cinema, teatro, viajar - convidem, convidem]
  • Experimentar algo novo e diferente [para-quedas... socorro] 
  • Ler uma história de aventura [para mim ler já me faz feliz, seja qual for o tema]
  • Meditar [sem dúvida, tirar 5 minutos para relaxar e encontrar a paz interior]
  • Escrever os sentimentos numa folha de papel [dizem que pode ajudar a resolver problemas e a aliviar o stress, concordo, é um espécie de diário]
  • Escrever três coisas que nos fazem sentir bem, de forma a que os desejos se tornem reais! [nada como ser paciente e otimista!]

Sejam felizes!

 

 

Não faças questão de ter tudo, mas​ faz por ter aquilo que te faz feliz!

Com a azáfama do dia-a-dia quantas vezes nos esquecemos de ser felizes, de dar valor ao que temos hoje, de agradecer pela saúde, pela profissão, pela família e pelos amigos? Estamos tão focados em ter, em querer, em conseguir, e acabamos por nos esquecer do que realmente importa, do essencial.

A verdade é que só nos apercebemos da importância destas palavras quando somos confrontados com desafios, seja na vida pessoal ou profissional - uma doença, o desemprego, um conflito familiar, um amor que falhou...  Quando algo nos acontece e quebra a rotina do dia-a-dia, transforma o seguro no incerto, a grande questão surge-nos, mas "porquê"?


É nesse momento que começamos a dar valor aquilo que tem realmente importância. E de facto, se olharmos ao redor, a felicidade está nos detalhes, nos pormenores, nas pequenas coisas da vida, está naquilo que temos hoje, e não naquilo que procuramos. A felicidade é sinónimo de simplicidade, nós é que complicamos!

 

E o desafio da vida é mesmo esse, aceitar o que ela nos oferece e agradecer o que temos hoje!

 

10001523_231147410419777_551531580_n.jpg

Imagem - Alexandre Cibrão

 

Neste dia da mulher deixo-vos 5 atitudes que fazem toda a diferença para uma vida mais feliz.

A felicidade está na forma como encaramos a vida e é um exercício diário. Há quem acredite que é feliz, mas tem momentos infelizes. Há quem acredite que é infeliz, com momentos felizes.

 

A primeira opção é o pensamento correcto para alcançar a felicidade. Até porque muitas vezes estamos tão obcecados a pensar no ter para ser, no que não temos e queremos ter, no futuro, que não damos valor ao que temos no presente. E é no presente que temos que ser felizes [e voltámos à questão do exercício diário].  

 

1530505_232800893587762_4767635037342304131_n.jpg

 

As cinco atitudes que nos podem ajudar a ter uma vida mais leve e feliz:

 

 

 

Amo-te...

Às vezes pode até não parecer porque a vida põe-nos à prova, dá-nos problemas, alguns meramente insignificantes.
Os outros, os mais difíceis, fortalecem o nosso amor e fazem-me ter a certeza de que te quero para sempre ao meu lado.
Amo-te...
Nem sempre o digo, nem sempre me apetece dizê-lo, mas sinto-o e sei que é contigo que quero estar e que é contigo que quero partilhar o que tenho para viver. ...
Amo-te...
Anda, vem comigo e esquece os problemas, abraça-me, vamos ser felizes juntos, porque ambos sabemos que sozinhos já não é possível!
Amo-te tanto!

 

Texto | Maria João Costa - segue-me também no Facebook