Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

Procuram-se sorrisos

O quanto é bom entrar num lugar e ser recebida por um sorriso! Um daqueles sorrisos largos e sinceros que faz com que tudo corra bem. E no final agradeces com um sorriso.

Já repararam que os sorrisos andam escassos nos dias de hoje?

Cada um de nós anda imerso nos seus problemas, mergulhado nas suas rotinas... Mas o sorriso é uma ótima terapia, quebra o gelo, derrete corações até de pedra, e é um presente que podes dar todos dias a ti mesmo e aos outros, e melhor ainda é de graça.

Às vezes cansamos a cabeça a pensar no presente ideal para oferecer ao outro, mas sem dúvida que dar um sorriso é um dos melhores presentes! 

Estar num ambiente de sorrisos, com gente de cara alegre e bem disposta, torna tudo mais fácil, até os problemas por resolver se tornam mais simples! Além disso, o sorriso espalha-se, é contagioso. Sorri ao outro, que o outro sorrirá também, experimenta! 

Preciso de abrandar o meu relógio.

Sentes tudo tão intensamente que chegas a desejar não sentir quando o corpo te pede descanso? É importante ter a capacidade de parar, abrandar, quando esse dia chega porque se não o fizermos mais tarde será pior.  
O tempo não abranda, as tarefas, as rotinas do dia a dia, os outros chamam por nós, precisam de nós e nós deles. Mas, para que a vida possa continuar a esse ritmo é preciso abrandarmos o nosso ritmo, o nosso relógio interior e encontrarmos um tempo para nós. 
 
Apercebi-me com o tempo que os gostos mudam, que aquilo que me torna tranquila, alegre e feliz hoje,  pouco tem a ver com o passado. Aprendi a parar para apreciar o pormenor, sem pressas, sem o controlo apressado dos ponteiros do relógio. Às vezes é importante dizer um basta. Parar para respirar e apreciar, admirar. 
Recentemente descobri um gosto que não tinha, flores. Descobri que as flores têm a capacidade de me deixar  em sossego.  A capacidade de florir a vida. 
Se estivermos rodeados pela natureza, por outros seres vivos e se soubermos apreciar os detalhes, os pormenores e a sua beleza, somos verdadeiramente mais felizes e tranquilos! 
 
A rosa, é uma flor tão frágil, mas ao mesmo tempo resistente, forte e determinada.  De certa forma é o espelho daquilo que muitas vezes somos forçados a ser. Apesar da nossa força feminina, precisamos de abrandar  e encontrar o nosso ritmo!

 

rosa.jpg

 

Amo-te...

Às vezes pode até não parecer porque a vida põe-nos à prova, dá-nos problemas, alguns meramente insignificantes.
Os outros, os mais difíceis, fortalecem o nosso amor e fazem-me ter a certeza de que te quero para sempre ao meu lado.
Amo-te...
Nem sempre o digo, nem sempre me apetece dizê-lo, mas sinto-o e sei que é contigo que quero estar e que é contigo que quero partilhar o que tenho para viver. ...
Amo-te...
Anda, vem comigo e esquece os problemas, abraça-me, vamos ser felizes juntos, porque ambos sabemos que sozinhos já não é possível!
Amo-te tanto!

 

Texto | Maria João Costa - segue-me também no Facebook