Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Princesa da Casa

Por aqui escreve-se sobre fatos reais, rotinas diárias e histórias imaginárias!

A Princesa da Casa

Por aqui escreve-se sobre fatos reais, rotinas diárias e histórias imaginárias!

a Dor

19.11.14

A Dor como Padrão para a Intensidade dos Sentidos

"Normalmente, a ausência de dor é apenas a condição física necessária para que o indivíduo sinta o mundo; somente quando o corpo não está irritado, e devido à irritação voltado para dentro de si mesmo, podem os sentidos do corpo funcionar normalmente e receber o que lhes é oferecido. A ausência de dor geralmente só é «sentida» no breve intervalo entre a dor e a não-dor; mas a sensação que corresponde ao conceito de felicidade do sensualista é a libertação da dor, e não a sua ausência. A intensidade de tal sensação é indubitável; na verdade, só a sensação da própria dor pode iguala-la."
Hannah Arendt, in 'A Condição Humana'
 

A ausência da dor quer física quer emocional é a libertação dos sentidos. Acho que não há melhor forma de liberdade - sentirmos-nos em pleno com nós mesmo, corpo e mente! Quem pensa, existe! Quem cheira, sente, saboreia, vive livremente!  

Carpe diem!

Menos chocolate pf

18.11.14

"Chocolate pode estar a acabar"

In Diário de Notícias

chocolat.jpg

E isto sim é uma má notícia, o nosso melhor antidepressivo pode ter os dias contados (leia-se anos) e os preços poderão subir. Vá lá pessoal, tentem não consumir tanto chocolate, eu sei que está frio, que o tempo nublado não ajuda, que continuamos em crise, que os nossos políticos não fazem nada, que o mundo em geral anda mal humorado, mas tentem... Entretanto, e pelo sim, pelo não, vou mas é fazer umas reservas aqui por casa... para o Natal! 

Conseguem imaginar como seria o mundo sem chocolate? Triste...

Natal # Inspiração Natalícia

14.11.14

Por agora ainda cheira a castanhas, mas em breve inspira-se o cheirinho especial do Natal. E quem é que não gosta de passear pelas ruas decoradas com enfeites de Natal, as luzes, os sinos, as estrelas, ouvir as músicas natalícias, fazer a lista de presentes, decorar a casa, preparar com antecedência a ceia, viver a alegria das crianças? Eu adoro o espírito Natalício! E vocês?

Aproveito para vos deixar uma sugestão de peças de decoração feitas pelo pai da princesa! Ficam lindas em casa, nas lojas, nos escritórios, nos jardins e dão alegria ao ambiente! 

nativity_proesy.jpg

snowman_proesy.jpg

star_proesy.jpg

tree_proeasy.jpg

merrychristmas_proeasy.jpg

 Gostaram? Vejam mais em Proeasydesign

Paris na moda!

12.11.14

Parece que é mesmo uma tendência para este Outono/Inverno andar com Paris no coração. Se há cidade que adoro quase tanto como Lisboa, e que já tive o privilégio de visitar, é Paris. Se há um monumento onde desejo reentrar, reviver sensações, admirar e fotografar, é a Torre Eiffel. Oh lá lá, percebo agora que me falta um camisola destas no meu roupeiro. Só ainda não sei qual?

camisola1.jpg

camisola2.jpg

camisola3.jpg

camisola4.jpg

 

Imagens 1 (La redoute), Imagem 2 (Mango), Imagem 3 (Springfield) e Imagem  4 (Zara)

O assador de castanhas...

11.11.14

310370_180824842011240_100002511751715_352207_1843

Este cheiro outonal de castanhas assadas, esta vontade de acordar todos os dias para ir trabalhar, mantêm-me vivo. Embora não pareça, sou um privilegiado. Embora de semblante carregado, sou feliz. De todos os trabalhos que o homem possa desempenhar, este pode até ser o menos vital, mas eu sei que se não estivesse por aqui nestes dias, muitos sentiriam a minha ausência e falta delas.  É fascinante ver o sorriso de uma criança quando os pais lhe compram castanhas. É maravilhoso observar os casais de namorados, grudados, a partilharem palavras de amor e castanhas. É reconfortante perceber que aquele homem engravatado, de fato bem engomado, e com um dia atarefado, perde uns minutos a saborear castanhas. Estão a ver como é fácil tornar alguém feliz? É por isso que me sinto um privilegiado, embora carregando em mim os problemas habituais de qualquer ser humano.

Treinando a escrita [15]

* Fotografia by Alexandre Cibrão - www.acibrao.com

Agasalhos para os mais pequenos...

10.11.14

E com estes dias frios há que proteger os mais pequenos. Existem óptimas opções, gabardines, blusões de penas, casacos de malha, coletes, agasalhos para todas as ocasiões, lindos e ao alcance de todos. Deixo algumas sugestões encontradas nas lojas Primark, H&M, Zara e Zippy.  

Zippy.jpg

 

Primark.jpg

H&M.jpg

 

Zara.jpg

É tudo tão giro e mimoso! Mas confesso, adoro o coletes da Zara, são simplesmente fantásticos e uma tendência para esta estação!