Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

11.05.14

Podia viver sem o meu telemóvel, mas...

Maria João Costa
...mas, não era a mesma coisa! Se o telemóvel toca e no visor vejo a palavra "CRECHE", o meu coração dispara [para quem gosta de adrenalina e sensações vertiginosas, não há melhor]. Se estou reunida com colegas ou a terminar um trabalho urgente, aquela chamada passa a ser o EMERGENTE. Atendo e sinto um alívio súbito, ah era só isso, mas tem a certeza? A B. está bem, não está? Só para que saibam, a mãe da princesa antes de dar à luz a B. ignorava completamente (...)
01.04.14

E hoje é dia da mãe, da minha!

Maria João Costa
Parabéns mãe! Hoje é o teu dia! Agora que sou mãe compreendo a tua eterna preocupação, o teu excesso de zelo e o teu amor incondicional! Parabéns avó! Hoje é o teu dia! Agora que és mãe a dobrar, fazes da tua neta uma menina muito feliz! Uma menina que solta gargalhadas espontâneas sempre que está contigo!Parabéns! Hoje é o teu dia! "(...)às vezes, quero dizer-te tantas coisas que não consigo, a fotografia em que estou ao teu colo é a fotografia mais bonita que (...)
24.03.14

Maternidade [18 ]: A decisão de ser mãe.

Maria João Costa
Ser mãe é um desejo de quase todas as mulheres. Mas hoje em dia, esse desejo deixou de ser prioritário e vai sendo adiado ano após ano. Aconteceu comigo e acontece com muitas outras mulheres. Actualmente, as mulheres têm outros objectivos, outras realizações, no campo pessoal, profissional, social e financeiro. A emancipação da mulher e a evolução dos meios anticoncepcionais fazem da nossa sociedade, a sociedade do filho único e tardio. Abriu-se um novo horizonte para (...)
11.03.14

Maternidade [17]: a Amamentação

Maria João Costa
 A amamentação é um assunto tão complexo e ao mesmo tempo tão interessante que poderia dar origem a uma qualquer tese de final de curso (e acredito que já deu). Sobre ela existem várias opiniões, algumas demasiado fundamentalistas. Há quem decide não amamentar sem sequer experimentar. Depois há quem simplesmente não amamente porque não pôde ou porque desistiu. E há quem amamente (...)
24.02.14

Maternidade [16]: A princesa B. e a iniciação à creche

Maria João Costa
Hoje foi o primeiro dia de creche da B. - primeira impressão - estranhou é claro, chorou, mas quando saímos ficou calma, ao colo da educadora. Tentei ocupar-me durante as duas horas que ela ficou lá (sim, apenas duas horas, é melhor para ela...), mas foi inevitável, estava sempre a olhar para o relógio e  a pensar nela. Assim que voltei à creche, ansiosa por tornar a vê-la, a B. estava na espreguiçadeira, viu-me, fez beicinho (como quem diz "onde é que andaste?"), sonorizou (...)
22.02.14

Maternidade [15]: A princesa B. e a crise

Maria João Costa
Parece que a B. está solidária com a crise. Andava a dormir tão bem à noite, mas nos últimos dias o caso complicou-se, acorda a chorar. Um choro cortante e angustiante. Depois de despistarmos todas as hipóteses que poderiam originar tal choro (fralda suja, calor, frio, dor, febre), rendemo-nos aos factos, a princesa B. entrou na crise da "separação ou angústia". E o que é isto da crise? Andei a pesquisar sobre o assunto, segundo alguns entendidos, o bebé passa por 4 crises (...)
15.01.14

Maternidade [11]: Sling - o melhor amigo das mamãs!

Maria João Costa
O sling, ou faixa de suporte, foi o melhor amigo cá dos pais da princesa B., sobretudo na altura das cólicas e das grandes birras de sono!Quando a B. chorava, desesperada e os papás tentavam de tudo e nada resultava (colinho, mimos, música de embalar, secador de cabelo), nessas horas críticas só havia uma coisa que a acalmava - o sling! Digam o que disserem - "que é coisa de hippies", "que torna os bebés mimados" - esta (...)
02.01.14

Maternidade [9]: Acabou-se a licença!

Maria João Costa
Acabou-se a licença! E assim se passaram 150 dias... Num ápice! O que inicialmente parecia árdua e dificil transformou-se em maravilhoso! Os primeiros dias com a princesa B. foram extremamente complicados, é certo! Muito choro, muitas cólicas. A amamentação! A dúvida permanente de "será que tenho leite?". Uma sensação estranha de desespero e adaptação. Mas rapidamente esses dias foram substituídos, esquecidos e transformados em sorrisos,conquistas e brincadeiras. Que dias (...)
31.12.13

Maternidade [8]: O exponente máximo de ser mulher!

Maria João Costa
E assim termina mais um ano! Um ano marcado pela crise económica e política. Um ano marcado pelo desemprego e pela emigração, a fuga possível de alguns cérebros portugueses! Um ano que por sinal parece triste ao olhar de muitos, mas que para mim foi o mais feliz! Um ano em que atingi o exponente máximo de ser MULHER, estive grávida e tornei-me mãe! A gravidez é como sentir uma sensação vertiginosa permanente. Parece que estamos no cume de uma montanha, temos medo, receio, mas (...)
29.12.13

Maternidade [7]: Ser mãe, o melhor de 2013!

Maria João Costa
Ser mãe é extraordinariamente fascinante...Ser mãe é entrar num mundo novo e conhecer o verdadeiro significado da vida.É ter resposta a muitos porquês que durante anos fizeram parte da minha existência e encontrar outras tantas dúvidas e questões.É ter medo, é duvidar, é sentir um arrepio na espinha e perceber que aquele pequeno ser que se desenvolveu dentro de nós é o grande amor da nossa vida! Ser mãe é deixarmos de ser o EU, para nos tornarmos no NÓS.É pensar que (...)