Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

20.05.15

Ser mulher também é isto...

Maria João Costa
 Às vezes até me esqueço que sou gente, parece que o tempo me devora, que a vida me consome. Sinto-me eléctrica como um computador em constante processamento, ora faz isto, ora executa aquilo. E as noites tornam-se inimigas do meu sono, tal não é o turbilhão de pensamentos que nem um reset consigo ter com total tranquilidade. Por momentos chego até a delirar, penso que (...)
11.03.15

Os 6 grandes aliados para perder peso!

Maria João Costa
Acho que em qualquer dieta (leia-se "estilo de vida saudável) o ingrediente essencial é a motivação e a força de vontade. O que nem sempre é fácil, às vezes temos momentos em que nos dá uma vontade enorme de desistir. Mas desistir é o caminho mais fácil, por isso não devemos seguir por aí. Podemos não vencer a guerra, mas até lá vas vencendo algumas batalhas e o que não faltam por aí são aliados são saudáveis.  Os 6 grandes aliados para perder peso: 
16.07.14

Filmes que marcam [5]: Terra Fria

Maria João Costa
E hoje vou falar-vos de um filme escolhido ao acaso, num momento de zapping, daqueles que prende no primeiro instante, mais uma vez para o lado dramático, mas com um final feliz e com uma mensagem importante: mulheres lutem pelos vossos direitos! Este filme conta a história Josey Aimes, uma mulher forte e lutadora que abandona o marido que a maltrata e procura um trabalho onde possa sustentar sozinha os seus filhos. Josey começa a trabalhar numa mina de ferro, mas ao invés de (...)
09.07.14

Um chinelo perfeito para o meu pé...

Maria João Costa
Há para todas as carteiras, desde 13,90€ a 160€, para todos os gostos e para todos os tamanhos - as Havainas tornam sem dúvida o nosso pé mais bonito e o nosso verão mais animado mesmo nos dias em que não há sol!Acho que a princesa B. já escolheu as dela...Ok, podem dizer que são apenas chinelos de praia, mas são muito bonitos! Eu adoro estes! E vocês?
03.06.14

Sapatos, onde vos quero?

Maria João Costa
Adoraria coleccionar sapatos, botas, sabrinas, sandálias (eram bom que chovessem notas de cinquenta euros de vez enquanto) - e qual é a mulher que não adora sapatos? É certo que às vezes exagero, ou compro para uma ocasião especial e ali ficam arrumados há espera de outra ocasião, ou compro porque são lindos, elegantes, mas descubro pouco tempo depois que não são confortáveis... E se há coisa que odeio, é sentir os pés desconfortáveis, amordaçados e suados. E para quem já (...)
15.04.14

Coisas de Mulher [5]: Rabo de Cavalo

Maria João Costa
A primavera requer um look mais descontraído, simples e ao mesmo tempo elegante. O rabo de cavalo é um clássico em constante renovação e que veio para marcar esta e a próxima estação. É um penteado que se adapta a qualquer ocasião, de dia, num passeio com os filhos ao parque e de noite, numa festa ou jantar mais formal. Fique com algumas sugestões actuais. Eu vou usar e abusar. E vocês? Acompan (...)
13.04.14

Coisas de Mulher [4]: Dieta precisa-se...

Maria João Costa
Depois de 9 meses de gravidez com alguns cuidados (salada bem lavada e só em casa, carne bem passada), e de muitos abusos aos quais apelidei de "desejos" (magnuns, fofos de belas, pastéis de Belém, etc.), chegou a altura de iniciar a dieta - e recuperar o peso que tinha antes de engravidar. Confesso, já tentei iniciá-la por diversas vezes, mas acabei por quebrá-la, um ou dois dias depois. E é por isso que agora fica escrito - vou fazer dieta - e aí de mim que não cumpra o que escrevo! Existem muitas dietas que prometem milagres ao fim de 7 dias, como a dieta da seiva ou a dieta do leite, infelizmente eu não acredito muito em dietas rápidas, mas mesmo que acreditasse, desistia no primeiro dia - passar fome não é comigo! (...)
24.03.14

Maternidade [18 ]: A decisão de ser mãe.

Maria João Costa
Ser mãe é um desejo de quase todas as mulheres. Mas hoje em dia, esse desejo deixou de ser prioritário e vai sendo adiado ano após ano. Aconteceu comigo e acontece com muitas outras mulheres. Actualmente, as mulheres têm outros objectivos, outras realizações, no campo pessoal, profissional, social e financeiro. A emancipação da mulher e a evolução dos meios anticoncepcionais fazem da nossa sociedade, a sociedade do filho único e tardio. Abriu-se um novo horizonte para (...)