Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

Qua | 03.10.18

A Anatomia de Grey está de volta, com os seus traumas!

Sabem aquela sensação do pós-trauma? A superação do medo que daí advém, do medo de voltar a suceder. A superação dos porquês e dos ses. Porque é que aconteceu? E se eu tivesse feito de outra forma?

Há uns meses tive um acidente de viação (do qual fui vitima), foi algo irreal, daquelas coisas que pensamos que só acontecem aos outros, ou talvez não! E mesmo sendo grave, consegui escapar com vida e sair apenas com ferimentos ligeiros. Mas a sensação de ver a morte à frente dos olhos, e do “e agora?” só passa mesmo com o tempo.  Se é que passa…

Mas, em relação à série já conhecia, mas não acompanhava. Só comecei a acompanhar em junho, num sábado, quando estava encafuada em casa a lidar com o trauma, ao fazer zapping parei na Foxlife e deparei-me com o episódio do homem que andava a disparar pelo Hospital. E pensei estas coisas não acontecem só nos filmes.  Gosto destes cirurgiões, de vê-los a lidar com os dramas dos outros e mais ainda, de vê-los a superar os próprios traumas.

Screenshot_20181001-220556_1.jpg

 

20 comentários

Comentar post