Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

03.03.17

As descobertas da princesa da casa #14 Apanhada pela minha filha!

Maria João Costa
Os filhos crescem demasiado depressa, não é só um cliché, é a mais pura da realidade. Raios, e nós também crescemos, ruga aqui, quilo a mais ali. Mas, recalcamentos à parte, dou por tal crescimento quando sou apanhada com respostas rápidas e sabiamente inteligentes da minha filha de três anos. Uau, ela disse isto, e ainda usa fraldas à noite!    «Filha este ano temos que marcar oftalmologista.* Mas tu não tens falta de vista, pois não?» - questiono meio a divagar ao (...)
25.11.16

As descobertas da princesa da casa #13

Maria João Costa
  # A mãe a  experimentar o vestido novo: - Bia é giro? - Oh pareces uma princesa! Porque compraste o vestido da princesa? Podias comprar um para mim?   # A Beatriz com as miniaturas do Lidl:- Quem quer pagar? Quem quer pagar?   # Ao chegar a casa, carregada de sacos, depois de um dia cansativo: Abri a porta de entrada do prédio e deixei a Bia passar e a seguir entrei deixando a porta fechar-se. - Mamã, a chave! Não percebi e exclamei: - Chave? Vamos Bia. Vamos! Mas, ela (...)
27.11.15

As descobertas da princesa da casa #10

Maria João Costa
Mulheres, a vaidade corre-lhes pelas veias, está-lhes no sangue e começa a manifestar-se desde os primórdios da primeira infância. A princesa da casa, com apenas dois anos e três meses, adora estrear roupa nova, não saí de casa sem o seu cheira bem [isto é, a água de colónia da Johnson & Johnson] e para ela os óculos escuros, as malas e as pulseiras são acessórios indispensáveis para um passeio ao fim-de-semana!
23.11.15

As descobertas da princesa da casa #9

Maria João Costa
# A birra do xarope! A princesa vê o frasco de brufen no armário e aponta para a garganta exclamando «Mamã, dói a garganta», a mãe pergunta «B., tens a certeza?». A princesa insiste, porque é teimosa, porque está na fase das birras, porque gosta do sabor adocicado do remédio dos dói-dóis, «Mamã, dói, dói!» Exaustos e vencidos pelo cansaço os pais tentam sempre de tudo para encontrar soluções para as birras, neste caso o pai ofereceu à B. a seringa do xarope com (...)