Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

A Princesa da Casa

Eu sou a mãe, ela é a filha - a princesa. Embora às vezes os papéis se invertam!

15.02.17

Sobre o La La Land e o dia de São Valentim...

Maria João Costa
Só porque ontem foi o dia do amor, e o amor tem as mais diversas formas, tamanhos e formatos. E é uma melodia! Na segunda-feira fui ver o filme La La Land e como a expectativa era enorme, uma vez que está nomeado para vários óscares, e está na boca do mundo, confesso que na primeira meia hora do filme senti uma certa desilusão, mas no fim percebi qual era o objectivo! O filme conseguiu-me surpreender pela positiva e superou as minhas expectativas! Para quem não aprecia musicais, (...)
14.02.17

Amor

Maria João Costa
Amo-te pelo que és, e por aquilo que me dás. Sinto-me tão segura nos teus braços. Sinto-me tão feliz quanto contemplo o teu sorriso. Sinto-me tão alegre quando estou contigo. ... E é tão difícil imaginar que algum dia isso possa ser diferente. Amo-te pelo que és, e pelo bem que me fazes. Texto | Maria João Costa Imagem | Henri Cartie-Bresson 
14.12.16

Resiliência

Maria João Costa
Levanta-te, que fazes aí sentado no chão a lamentar ou a reclamar?Há toda uma vida lá fora, uma imensidade de possibilidades, há caminhos novos por percorrer, há novos planos por concretizar. Levanta-te, ignora o que os outros te dizem, ignora quem não te quer bem, quem te faz chorar,ignora quem te magoa e te quebra por dentro. Renasce, segue o teu destino, tu és fonte de inspiração, uma beleza natural, tu és força e coragem. Levante-te, e sorri!  
26.05.16

Amo-te...

Maria João Costa
Às vezes pode até não parecer porque a vida põe-nos à prova, dá-nos problemas, alguns meramente insignificantes. Os outros, os mais difíceis, fortalecem o nosso amor e fazem-me ter a certeza de que te quero para sempre ao meu lado. Amo-te... Nem sempre o digo, nem sempre me apetece dizê-lo, mas sinto-o e sei que é contigo que quero estar e que é contigo que quero partilhar o que tenho para viver. ... Amo-te... Anda, vem comigo e esquece os problemas, abraça-me, vamos ser (...)
14.04.16

Sinto saudades..

Maria João Costa
Quem me dera que esta história não fosse a minha. Quem me dera que este sofrimento se ausentasse. Quem me dera que tudo na vida fosse mais simples e fácil. Quem me dera, mas não é! Quem me dera poder acordar e recomeçar de novo! Quem me dera poder apagar os sentimentos sentidos e as memórias guardadas! Quem me dera, mas não consigo! Ainda sinto tudo tão presente! Metade de mim é mágoa, dor e sofrimento... --»» e a outra metade é amor e saudade! «« --   Texto | Maria João (...)
07.04.16

Não me queiras mudar...

Maria João Costa
Sempre fui assim, são traços de mim, pelos quais te apaixonaste! Traços que amas até à exaustão, mas que às vezes, no teu íntimo, desejas mudar... As gargalhas loucas que ecoam pelo espaço fora, as respostas rápidas como foguetes ou fortes como a trovoada, a ansiedade de querer sempre mais, a apatia nos dias de chuva, a euforia eloquente nas tardes quentes...São partes do meu eu dividido entre a criança que fui, a jovem que quer permanecer e a adulta que sou. Se hoje me sinto (...)
31.03.16

Gosto de ti

Maria João Costa
Gosto de ti porque me iluminas. Gosto de ti porque me dás asas para voar. Gosto de ti porque estás ao meu lado. Gosto de ti porque sinto o coração aos pulos e borboletas na barriga. Gosto de ti porque sim, é difícil de explicar e mais ainda de quantificar!   Texto | Maria João Costa  - segue-me também no Facebook 
24.03.16

Já te disse que és o meu refúgio?

Maria João Costa
Conhecer-te fez-me bem, posso dizer que agora conheço-me como ninguém! Sei o que quero, onde quero estar e com quem quero ficar! Ter-te junto a mim, faz de mim alguém melhor: alguém com amor para dar, com paz, serenidade, força e humildade; alguém que tem a cabeça no lugar e o coração nas tuas mãos! Fica comigo, meu porto de abrigo!   Texto de Maria João Costa | segue-me também no Facebook 
17.09.15

Um amor à distância

Maria João Costa
A vida juntou-nos num encontro ocasional, num lugar pouco provável, mas num momento certo. A vida mostrou-nos que existem amores eternos e que surgem do nada, à primeira vista. Mas, a mesma vida, ou destino, faz questão de nos lembrar que nem tudo corre como queremos.E, sou diariamente invadida pela saudade, convivo bem com a solidão, aprendi a lidar com ela, mas sinto a tua falta! Sinto a falta dos momentos que poderíamos viver juntos se não fossem os obstáculos... Sinto a falta (...)